O treinamento auditivo é um conjunto de condições e tarefas acústicas que ajuda a ativar o sistema auditivo e sistemas relacionados. Esse treinamento é recomendado para pessoas com perda auditiva que fazem uso de aparelho auditivo ou de implante coclear.

Os aparelhos auditivos comuns e os implantes cocleares são as principais formas de tratamento da perda auditiva, e cada um atua de uma forma diferente para reestabelecer a audição. 

Independentemente do tipo de tecnologia usada, é comum que as pessoas apresentem estranheza ou dificuldade inicial, tornando-se necessário recorrer ao treinamento auditivo.

Acompanhe o texto para saber mais sobre esse tratamento.

Audição e Processamento auditivo

Atualmente, existem aparelhos auditivos de diversos modelos, inclusive à prova d’água, permitindo ao usuário levar uma vida totalmente normal. Além disso, tanto planos de saúde quanto o SUS custeiam o procedimento de implante coclear.

O som, para ser ouvido, deve primeiro passar pelas estruturas da orelha interna e seguir para o cérebro, onde será compreendido. A parte cerebral da audição é o processamento auditivo, que envolve, dentre outras, as habilidades de discriminação de sons agudos e graves; a capacidade de localizar e memorizar sons e de entender sons específicos em ambientes ruidosos.

A deficiência auditiva, portanto, pode decorrer tanto de problemas na condução do estímulo sonoro ao cérebro, quanto na interpretação desse estímulo a nível cerebral.

O uso de aparelhos auditivos e implantes permite que as pessoas com perda auditiva possam voltar a escutar. O que acontece é que, muitas vezes, inicialmente os sons parecem alterados e até um pouco incômodos, estridentes, finos ou mesmo abafados, demandando a adoção de técnicas de adaptação.

Treinamento auditivo

O treinamento auditivo assemelha-se a uma fisioterapia. É utilizado para tornar o uso de dispositivos auditivos o mais cômodo possível e baseia-se na neuroplasticidade do cérebro, que é a capacidade de se adaptar mediante estímulos intensos. É uma técnica de reabilitação auditiva, que tem o objetivo principal de melhorar a compreensão da fala e as sensações sonoras.

Inclui exercícios que estimulam as principais habilidades auditivas e cuja repetição é capaz de criar alterações cerebrais, resultando no aumento e fortalecimento das redes neurais responsáveis pelo processamento auditivo.

O fonoaudiólogo é o profissional responsável pelo treinamento, realizado por meio de recursos como softwares especializados e cabine acústica. Ele escolhe os tipos de exercícios conforme as habilidades auditivas que o paciente apresenta.

Importância do treinamento auditivo

É muito importante, especialmente, que pessoas com problemas de adaptação no uso de dispositivos para audição procurem um especialista para iniciar o treinamento auditivo.

Os principais benefícios do treinamento são:

  • aumento da capacidade e compreensão da fala, mesmo em ambientes ruidosos;
  • estímulo à participação em atividades sociais (já que se sentem confiantes para se comunicar);
  • melhoria no desempenho acadêmico de crianças e adolescentes;
  • melhoria geral da qualidade de vida.

Após o término do treinamento, as queixas dos usuários de aparelhos auditivos e implantes cocleares têm diminuído significativamente, o que é resultado da melhor adaptação proporcionada pelo tratamento.

Quer saber mais sobre implante coclear? Então visite o nosso site e conheça os nossos produtos!