Ter um filho que possua alguma deficiência auditiva é, antes de tudo, um desafio. A gravidez é um momento único na vida das mulheres. Algumas mães são agraciadas com a novidade após muitas tentativas, enquanto outras são surpreendidas com a notícia completamente inesperada. De qualquer forma, uma gravidez sempre trará transformações na vida dos envolvidos.

Passada a euforia da descoberta, os meses de gestação normalmente são marcados pela ansiedade e por muita expectativa. Idealizar a criança e imaginar como será seu rosto, sua personalidade e características são inquietudes inerentes a qualquer mãe.

Assim, descobrir que o filho tem um traço não esperado pode configurar-se num momento extremamente delicado. A alegria pelo nascimento da criança pode ser substituída por um conjunto de outros sentimentos, como medo, tristeza, culpa e até mesmo rejeição. Entender que essas reações são comuns e completamente aceitáveis é o primeiro passo para lidar com a situação. Mas como superar a notícia? Entenda aqui um pouco mais sobre essa condição e como lidar com o diagnóstico de deficiência auditiva de seu filho.

Como lidar com a notícia?

É normal a família passar por um momento de luto diante da descoberta. Perceber que a criança tem uma imperfeição que não está ao alcance de sua atuação pode trazer uma revolta momentânea aos pais, que certamente sonharam com uma vida perfeita para seu filho tão amado e agora sofrem ao imaginar os desafios que a criança enfrentará durante sua caminhada.

A família pode se sentir frustrada e vulnerável frente ao diagnóstico, e sentimentos como vergonha, desespero e incerteza são reações bastante comuns diante da notícia. Claro que cada mãe reage de uma maneira, mas a insegurança é um reflexo próprio dessa descoberta.

É natural sentir medo frente ao desconhecido. Por isso, o primeiro passo para superar esse momento delicado é buscar o conhecimento. Saber exatamente quais as limitações, cuidados e tratamentos disponíveis certamente trarão mais confiança e segurança aos pais em suas jornadas de dedicação ao filho.

Procure ajuda especializada

Buscar auxílio de especialistas é fundamental para lidar com a deficiência auditiva da criança, especialmente no processo de aceitação e acolhimento dessa nova realidade. É preciso buscar informações e sanar dúvidas junto a profissionais especializados, que indicarão os melhores tratamentos e os recursos terapêuticos ideais para o seu caso. As soluções precisas para cada situação farão toda diferença nos resultados alcançados.

Além disso, buscar uma rede de apoio que garanta todo o suporte e assistência trará muita segurança aos pais durante suas trajetórias.

Converse com outros pais

Um recurso muito eficiente também é o contato e a troca de experiências com outros pais que se encontram na mesma situação. Perceber que existem outras pessoas que compartilham das mesmas incertezas e dificuldades traz confiança e força para enfrentar os desafios, além de fortalecer as relações.

Outra dica é procurar ajuda psicológica para lidar com todas as circunstâncias desse conflito. O acompanhamento de um profissional da área será fundamental na busca pela compreensão e superação tão necessárias para esse período.

Como você pode ver, os sentimentos são os mais variados possíveis diante de um diagnóstico de deficiência auditiva de uma criança. Porém, é importante buscar toda a assistência e auxílios disponíveis, de modo a proporcionar uma vida feliz e realizada ao seu filho. Afinal, amor de mãe é um laço que não se rompe jamais.

Gostou do nosso conteúdo? Deixe aqui seu comentário, queremos ouvir a sua opinião.